?>

Diabetes, isolamento e dias de doença

30/04/2020

Hoje o mundo todo está enfrentando uma nova realidade, e todos estamos encarando novas rotinas. O grupo de pacientes com Diabetes, incluído na população de risco para a infecção por coronavirus, tem ainda mais motivos para manter o distanciamento social. Isso acaba gerando muitas dúvidas nos pacientes. E se eu ficar doente? E se meu diabetes descontrolar? Quando devo procurar auxílio médico?

Quando ficamos doentes e temos diabetes, nosso corpo reage produzindo hormônios que dificultam a ação da insulina e aumentam a liberação de açúcar pelo fígado. Essa elevação de hormônios pode levar a aumento de glicemia (açúcar no sangue) e aumentar o risco de complicações agudas, que conhecemos como cetoacidose diabética e coma hiperosmolar. Além disso, a hiperglicemia é prejudicial ao nosso sistema imunológico.

Portanto, se você é diabético e está enfrentando uma doença aguda (gripe, infecção urinária, garganta inflamada, diarreia...) procure monitorizar sua glicemia e prestar atenção nos sintomas de aumento de sede, aumento de volume de urina, cansaço e dor abdominal. Entre em contato com seu médico para avaliar se é necessário fazer ajustes no seu tratamento. Em caso de febre alta, falta de ar, hálito com cheiro de fruta podre e sonolência excessiva, saia do isolamento e procure atendimento médico imediato!

Texto produzido por Dra Júlia Maccarini - Endocrinologista 

Gostou da matéria?

Deixe o seu contato que lhe manteremos atualizado com todas as dicas e novidades




Outras dicas do Dr.

Confira outras dicas que o Dr. Gian preparou pra você