?>

Dor na relação sexual é normal?

07/05/2018

A resposta é não, não é normal. Esse sintoma que parece tão corriqueiro pode ser sinal de uma doença que causa infertilidade e afeta cerca de 15% das mulheres entre 15 e 45 anos: a endometriose.

É uma patología que ocorre no interior do útero, na camada chamada de endométrio. É essa camada que é eliminada na menstruação, quando você ovula e não há fecundação. Só que, ao invés de ser “jogada para fora”, essa camada pode seguir o sentido inverso, na direção dos ovários, para dentro do abdômen. Esse material pode acabar se acumulando nas várias partes da cavidade abdominal: as trompas, o intestino, os próprios ovários, no diafragma, na bexiga, etc. 

Qual a consequência? Menstruações muito sofridas, com dores fortes. Aos poucos a endometriose pode causar dor na relação sexual e pode dificultar a fecundação.  É uma das causas da infertilidade feminina. Muitas mulheres procuram o ginecologista porque não conseguem engravidar e na consulta descobrem a endometriose.

 

Não tenha vergonha de falar sobre o problema

A maioria das mulheres não associa as dores na relação sexual com a endometriose. Muitas até acreditam que o problema está no formato da vagina, ou no tamanho do pênis e têm vergonha de procurar ajuda médica. Mas o formato do órgão feminino raramente tem relação com esses desconfortos. É um órgão completamente elástico e adaptável para a prática sexual.

Outra situação comum, e por isto preocupante, é que muitas delas aguentam as dores e se resignam. Além de não falarem abertamente com seus parceiros ou acreditarem que é algo normal. Uma consulta com um médico, especialmente o ginecologista, pode evitar não só o agravamento da endometriose como problemas no relacionamento.

Gostou da matéria?

Deixe o seu contato que lhe manteremos atualizado com todas as dicas e novidades